Falar é Bom

1 note &

Dia de descanso em Florianópolis

Primeiro fim de semana do ano indo pra praia não poderia ser diferente. Procuramos um lugar sossegado e bem pertinho do verde. Em Floripa já fomos pra várias praias, mas levando em consideração que existem mais de 40, acho que sempre vai ser uma boa descupa: desbravar novos lugares e abrir a mente descobrindo  novas praias.


Guiados pelas amigas, chegamos até a praia do Matadero, que fica no sul da Ilha. Para chegar até a praia, é preciso caminhar pelo menos 10 minutos, que passam longe de ser chatos. Uma trilha, no meio do mato já te faz sentir em paz.

Vale também dizer que o mar, no dia, estava bem gelado. As ondas não são necessariamente grandes, mas puxam bastante. Por isso, atrai vários surfistas.

Saindo da praia, fomos pra um lugar onde eu estava morrendo de curiosidade de conhecer. O famoso Bar do Arante o espaço é super simples, ao chegar o visitante já se sente em casa. Para qualquer lugar onde se olha, milhares de bilhetinhos estão pendurados. As paredes são forradas de histórias. Recados de Brasileiros, Coreanos, Espanhois, pessoas deixando recados pros amigos, revelando segredos, dá pra ficar uma vida!

Eu e minha irmã deixamos o nosso. Ela elogiou o lugar e eu, deixei um recado prazamiga! Bom, dá pra ficar escrevendo de cada coisa do lugar, atendimento intimista, a conversa e a comida. Ah, a comida. O pastel de camarão é dos deus, o de queijo, tem queijo! E eles servem até caldinho de feijão, tem coisa mais bonita?!

Essa senhora cantava, conversava e divertia um grupo da mesa ao lado. Não sei dizer ao certo quem é, mas tenho certeza de que é da família de seu Arante.